Luiz Gustavo Guimarães - Curso de Oratória, Consultorias e Palestras

Você tem dificuldades para cativar as pessoas nas suas apresentações?

Entenda como eliminar aquela angústia ou receio de não ser aceito e passar a sentir-se útil e importante em suas apresentações de maneira muito mais eficaz e em tempo recorde.

Por Luiz Gustavo Guimarães dia em Blog

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Você se vê competente em sua área, mas tem dificuldade ao se expressar com o grupo e ter a confiança deles?

Fica imaginando que só precisa se sentir mais seguro para sua carreira decolar?

Um Pouco de História.

Pois bem, sou Gustavo Guimarães e vou lhe passar uma das melhores técnicas que uso em minhas aulas, palestras e treinamentos para ganhar o grupo de maneira mais rápida e duradoura.

Mas antes, quero deixar claro que não estou falando de querer “agradar a todos”, impossível. Falo de utilizar um novo “olhar”, uma nova forma de lidar com seu público para cativa-lo o quanto antes, te trazendo segurança e sensação de importância para executar o seu trabalho de maneira mais assertiva.

Se você é gestor sabe que muitas vezes não adianta apenas a sua competência técnica, precisará muito mais de táticas comportamentais para cativar sua equipe e extrair dela, melhores resultados, não só para a empresa como também para cada profissional e isso não é nada fácil, porém é possível.

Quando comecei a ministrar treinamentos, uma das dificuldades que enfrentei era a de treinar pessoas mais velhas do que eu, pois alguns traziam uma carga de preconceito quanto a isso, não era comum pra parte deles, ser treinada por alguém com menos experiência de vida, e de tempos em tempos, eu precisava provar o quanto antes eu tinha competência no que fazia (claro que sempre podemos evoluir, mas sem ego e sem vaidade, sabemos das nossas habilidades profissionais), desta forma eu me perguntava: “Como ganhar o grupo?”, “O que fazer para confiarem no meu trabalho?”, “De que forma, posso falar com esta plateia e gerar confiança de maneira mais rápida?”, entre outras...

E depois de um certo período, me lembrando de como alguns professores se comportavam, o motivo de alguns (poucos) serem admirados por muitos e de outros, serem rejeitados, tanto na escola, faculdade e cursos, por exemplo, percebi algo que fez total diferença na maneira de lidar com o público e utilizo isso até hoje para me gerar mais tranquilidade e paz nas conduções diárias que tenho.

O Exemplo.

Antes, quero lhe dar um exemplo que vi algumas vezes na minha vida acadêmica e você também talvez tenha presenciado. Sabe quando um grupinho no fundo da sala tá rindo de alguma coisa e o(a) professor(a) diz num tom agressivo pra determinado(a) aluno(a): “Ueh, tá rindo de quê? Pode me falar que eu quero rir também...” – Pronto, o “climão” pairava no ar, grupinho ficava quieto, a pessoa se sentia constrangida pelo fato dele(a) chamar a atenção na frente de todos e claro que o grupo também se indignava por uma exposição desnecessária, já que estou falando de uma situação de risos, normal, não estavam zoando o(a) mestre naquele momento, apenas rindo.

Gustavo, mas o que isso tem a ver?

Neste momento o professor não “atingiu verbalmente” apenas uma pessoa, qualquer pessoa, ele atingiu o(a) líder daquele grupinho e uma vez que você atinge o líder, pro bem ou pro mal, vai interferir nos liderados, ou seja, se indispondo com um que é querido pelos demais, todo o grupo tende a nutrir o mesmo sentimento.

Saiba que de desde a nossa infância para cada grupo de crianças brincando, uma já se posicionava como líder, isso é fato, em vários momentos de nossa vida. E a minha dica é a seguinte, sempre que precisar lidar com um grupo de pessoas, observe quem possui as características de liderança, veja se o comportamento e os valores, se aproximam dos seus e aí, GANHE O LÍDER, que indiretamente você ganhará os liderados. Dê os créditos devidos, se aproxime, questione, converse, dê feedback, enfim, claro que vai depender dos seus objetivos, você pode ser gestor e trabalhar diariamente, você pode estar em contato apenas em reuniões, talvez você só tenha um contato numa palestra ou treinamento de determinado grupo, mas uma coisa é certa, você pode tirar a partir de hoje um enorme proveito desta técnica.

Não faça como o professor que mencionei acima, não afaste, traga pra perto. Isso não fará ser admirado por todos, não é este o propósito, mas você pode ter mais pessoas torcendo por você num período muito menor que o de hoje em dia, a questão é você ter mais resultados com menos esforços, por exemplo, ao entrar para uma reunião com 10 pessoas e pensar que todos devem ter confiança logo de cara, se concentre em provavelmente uma ou duas pessoas que já possuem tal confiança dos demais. Se for treinar um grupo maior ou fazer uma palestra, continue com este raciocínio e busque os que vão lhe ajudar indiretamente, cativando-os, pois seus liderados ficarão felizes em saber que gostamos ou simpatizamos com aquela pessoa que eles tanto admiram.

Lembre-se, tudo a seu tempo, um dia de cada vez, apesar de ser uma ferramenta que lhe trará resultados imediatos, é preciso ser usada com cautela, caso contrário pode parecer que está “forçando a barra”, não é pra chamar pra perto aqueles que não compartilham dos mesmos valores, caso contrário fica falso e piora a visão que o grupo terá a seu respeito, não faça isso se ainda não se sentir um profissional competente em sua área, isso iria parecer bajulação ou média, por fim, esta técnica é pra você, bom profissional que precisa cativar sua equipe, crescer profissionalmente porque sabe que merece, mas as vezes por timidez e insegurança deixa passar certas oportunidades. Esta técnica é pra você que inspira pessoas a “vestir a camisa”.

Sou Gustavo Guimarães e fico por aqui, caso queira mais dicas como esta, continue acessando o blog. Minha sugestão agora é que leia: "Conheça estas 3 pessoas e dobre seus resultados."

Ah, e para falar melhor em público, aproveite e baixe o e-book que preparei, clicando abaixo.

CLIQUE AQUI E BAIXE GRÁTIS O "FALE EM PÚBLICO JÁ".

Abraço, sucesso e boa gestão.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: